Kuida di bo Mudjer: prevenção cancro do colo do útero na ilha do Fogo, Cabo Verde

Autores

  • Irma da Silva Brito Escola Superior de Enfermagem de Coimbra & UICISA:e, Portugal.
  • Catia Celeste Gomes Mendonça Laboratório de Anatomia Patológica do Hospital Dr. Agostinho Neto, Ministério da Saúde de Cabo Verde; Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Cabo Verde.
  • Ana Sofia Pais Departamento de Ginecologia, Obstetrícia, Reprodução e Neonatalogia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Portugal.
  • Alexandra Almeida Santos Departamento de Ginecologia, Obstetrícia, Reprodução e Neonatalogia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Portugal.
  • Ana Clara de Carvalho Dias Voluntário/a do Rotary Club Coimbra Olivais, Portugal.
  • Francisco Maria de Almeida Santos Nunes Gaspar Voluntário/a do Rotary Club Coimbra Olivais, Portugal.
  • Maria Ferreira Monteiro Voluntário/a do Rotary Club Coimbra Olivais, Portugal.
  • Maria Joana Guina Goulão Garcia Voluntário/a do Rotary Club Coimbra Olivais, Portugal.
  • Isabel Inês Araújo Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Cabo Verde.
  • Ana Teresa Almeida Santos Departamento de Ginecologia, Obstetrícia, Reprodução e Neonatalogia do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Portugal.
  • Carla Sofia Barbosa Amado Laboratório de Anatomia Patológica do Hospital Dr. Agostinho Neto, Ministério da Saúde de Cabo Verde; Programa Nacional de prevenção e Controlo das Doenças Oncológicas, Ministério da Saúde de Cabo Verde.

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSup.555

Palavras-chave:

Cancro do colo do útero, prevenção, mobilização comunitária, educação pelos pares

Resumo

Introdução: O cancro do colo do útero (CCU) é a doença oncológica mais diagnosticada nas mulheres caboverdianas. A infeção pelo papilomavírus humano (HPV) é a principal causa. Os municípios de Miranda do Corvo (Portugal) e Santa Catarina do Fogo, ilha do Fogo (Cabo Verde) ativaram parceria com Rotary Club Coimbra Olivais para reunir parceiros que apoiassem um projeto com enfoque na prevenção do CCU. Objetivos: Sensibilizar e mobilizar mulheres para a participação na prevenção do CCU e implementar e avaliar um programa piloto de prevenção do CCU através de educadoras da comunidade. Métodos e Material: Abordagem participativa baseada na comunidade. Etapa 1. Capacitação de 40 mulheres das comunidades do município. Etapa 2. Entrevistas de aconselhamento par-a-par. Etapa 3. Rastreio comunitário a 422 mulheres com equipa de 3 médicas, 3 enfermeiras, 2 técnicas e 4 estudantes do ensino superior, todos voluntários. Resultados: Em julho iniciou-se o envolvimento de mulheres das comunidades do município para fazerem educação pelos pares a outras mulheres sobre saúde sexual. Participaram na capacitação 40 mulheres. Foram mobilizadas 422 mulheres para posterior rastreio entre os dias 1 a 3 de fevereiro de 2023. Após as entrevistas de aconselhamento realizaram-se 297 (70%) rastreios. O não comparecimento de 125 mulheres está relacionado a: medo, menstruação, gravidez, o marido não querer, estar a trabalhar. Mais de um terço das mulheres atendidas em idade fértil e sexualmente ativas não faziam contraceção/proteção. As educadoras estavam satisfeitas com o trabalho feito e manifestaram-se disponíveis para continuar. Conclusões: O projeto piloto de mobilização social permitirá o alargamento do rastreio nacional de CCU. Houve contribuição na atualização de competências de profissionais de saúde sobre prevenção em saúde sexual. Na mobilização comunitária envolveram-se mulheres do município como educadoras voluntarias. Estas mulheres educaram outras mulheres sobre saúde sexual (incrementando a literacia em saúde) e incentivaram-nas à adesão ao rastreio do CCU. Este projeto demonstra evidência sobre o efeito da Educação pelos Pares com mulheres cabo-verdianas. O impacto desta parceria académico-comunitária com ações de mobilização revela-se na melhoria das taxas de adesão ao rastreio. Urge intervir para reduzir as barreiras à prevenção do CCU, potenciando a educação pelos pares.

Downloads

Publicado

2023-07-05

Como Citar

Kuida di bo Mudjer: prevenção cancro do colo do útero na ilha do Fogo, Cabo Verde. (2023). RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 5(Sup), 41-42. https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSup.555

Artigos Similares

1-10 de 182

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.