Universidade de Cabo Verde Promotora de Saúde

Autores

  • Dinora Cruz Universidade de Cabo Verde.
  • Cristina Ferreira Gestora de Programa de Educação do UNDP, UNFPA e UNICEF.
  • Irma Brito Escola Superior de Enfermagem de Coimbra & UICISA:e, Portugal.

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSup.590

Palavras-chave:

Políticas educativas, promoção da saúde, universidades

Resumo

Introdução: Universidade Promotora de Saúde (UPS) incorpora a promoção da saúde na sua política de governação, a fim de promover o desenvolvimento humano e melhorar a qualidade de vida daqueles que estudam ou trabalham nesse contexto, gerando ambientes salutogénicos (Langue & Vio, 2006). Para transformar a Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) numa UPS aplicamos o modelo Peer-education Engagement & Evaluation Research – Instituições de Ensino Superior Salutogénicas (PEER-IESS) concebido por Brito e Mendes (2009). É m modelo “bottom up” que aplica a pesquisa-ação participativa em saúde (PaPS), mobilizando a comunidade académica para inserir políticas e práticas de promoção da saúde na agenda. Objetivos: Relatar a experiência de transformação da Uni-CV numa UPS, mobilizando a comunidade académica para propor estratégias alinhadas com o PEER-IESS. Métodos: Para relatar o processo de PaPS aplicamos a metodologia de sistematização de experiências de Oscar Jara Holliday. Pretende-se exprimir a parceria de transformação criada entre pesquisadores, académicos, estudantes e funcionários da Uni-CV, profissionais das áreas de saúde, educação e bem-estar social, membros da sociedade civil, decisores políticos e outros. A sistematização decorre em 5 etapas: 1-ponto de partida; 2-perguntas iniciais; 3-recuperação do processo vivido; 4-reflexão de fundo; 5-pontos de chegada. Aplicamos métodos mistos e participativos para a recolha e análise de informação. Resultados e Conclusões: 1. A UniCV teve necessidade de retomar o processo de implementação do PEER-IESS, que foi aceite pela reitoria.2. Será possível transformar a Uni-CV numa UPS mobilizando a comunidade académica para propor estratégias que gerem saúde? 3. Após anuência dos mentores do modelo PEER-IESS, reiniciou-se o mapeamento de atividades de promoção da saúde no Polo I referente ao período 2020-2021, apresentada no fórum comunitário 1 promovendo a reflexão sobre como é que a UniCV integra a promoção da saúde nas suas políticas educativas. Houve consenso na implementação do modelo PEER-IESS e na reativação e capacitação do grupo semente. 4. Após a capacitação cocriaram-se 6 projetos de intervenção em promoção da saúde que estão alinhados com a visão de UPS. 5. A evidência demonstra que a UniCV está no processo para se transformar numa UPS, tornando-se necessário manter o grupo semente ativo.

Downloads

Publicado

2023-07-10

Como Citar

Universidade de Cabo Verde Promotora de Saúde. (2023). RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 5(Sup), 70. https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSup.590

Artigos Similares

1-10 de 462

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.