O trabalho de enfermeiros mediado por tecnologias na Atenção Primária à Saúde durante a pandemia de COVID-19: uma revisão da literatura

Autores

  • Mariana Mendes Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil
  • Ianka Cristina Celuppi Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil
  • Olga Ribeiro Escola Superior de Enfermagem do Porto, Porto, Portugal
  • Denise de Pires Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSupii.670

Palavras-chave:

Inovação tecnológica, tecnologia, enfermeiros, pandemia, Covid-19

Resumo

Introdução: Na pandemia da Covid-19, os modos de prestar cuidados primários e organizar o trabalho da enfermagem foram significativamente alterados. ​​​​​​As práticas profissionais na Atenção Primária à Saúde (APS) foram reestruturadas e os enfermeiros passaram a utilizar diferentes recursos tecnológicos com vista à manutenção dos cuidados (Abuhammad, Manar, Mukattash, 2021; Solari-Twadell et al., 2022). Objetivo: Identificar tecnologias inovadoras utilizadas por enfermeiros para a realização do seu trabalho na APS durante a pandemia da Covid-19. Método: Revisão integrativa da literatura, realizada em julho de 2022 nas bases de dados: BDENF, CINAHL, LILACS, SciELO, Scopus, Web of Science, PubMed, Medline e Embase. Os descritores utilizados seguiram o Medical Subject Headings (MeSH) e a estratégia de busca foi adaptada para cada base de dados. A amostra final ficou composta por 18 estudos. Resultados: Os resultados mostram que os enfermeiros fizeram uso de diferentes recursos tecnológicos para a realização do seu trabalho, nomeadamente as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), com ênfase para o atendimento na modalidade digital. Para a realização do atendimento à distância, os enfermeiros ampliaram o uso da rede telefônica e dispositivos móveis para mediar o contato com os usuários por meio de chamadas de áudio/vídeo, sendo também incorporados à realização da teleconsulta de enfermagem. A utilização do Whatsapp, e-mail e das redes sociais permitiu aos enfermeiros acompanhar os casos de covid-19, divulgar informações seguras sobre o coronavírus, comunicar à população alterações nos fluxos de atendimento das unidades de saúde e estar próximos das pessoas que necessitavam de acompanhamento contínuo, incluindo a vigilância das doenças crônicas. Os estudos indicam a necessidade de melhorias nos recursos estruturais e preparação dos profissionais para utilizar tecnologias inovadoras, assim como o desenvolvimento de protocolos que orientem a prática clínica do enfermeiro no atendimento mediado por tecnologias no pós-pandemia. Conclusão: O conjunto dos achados indicou que as tecnologias de informação e comunicação e digitais foram as mais significativas no trabalho de enfermeiros. A utilização de novas soluções tecnológicas gera mudanças nas formas de conceber e executar os cuidados primários com implicações, também, na saúde destes profissionais, sinalizando para a importância de realizar novos estudos.

Publicado

2024-01-15

Como Citar

O trabalho de enfermeiros mediado por tecnologias na Atenção Primária à Saúde durante a pandemia de COVID-19: uma revisão da literatura. (2024). RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 5(Supii), 17. https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSupii.670

Artigos Similares

1-10 de 131

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.