Liderança transformacional nos serviços de enfermagem: revisão de escopo

Autores

  • Ana Rita Dias Centro Hospitalar Universitário de São João, Porto; Escola Superior de Enfermagem do Porto, Porto, Portugal
  • Sónia Sanguedo Centro Hospitalar Universitário de São João, Porto; Escola Superior de Enfermagem do Porto, Porto, Portugal
  • Tiago Peixoto Escola Superior de Enfermagem do Porto, Porto; Centro Hospitalar Universitário de Santo António, Porto, Portugal
  • Nuno Peixoto Escola Superior de Enfermagem do Porto, Porto; Centro Hospitalar Universitário de Santo António, Porto, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSupii.746

Palavras-chave:

Enfermagem, recursos humanos de enfermagem, liderança, governança em saúde, gestão em saúde

Resumo

Introdução: Para valorizar a sua visão estratégica e atingir objetivos organizacionais específicos, as organizações requerem uma liderança eficaz e esta baseia-se na premissa de que um líder competente pode motivar e coordenar com sucesso os esforços dos membros da equipa, ampliando, desse modo, a eficácia organizacional. De acordo com Burns (1978) o termo Liderança Transformacional, veio modificar o paradigma em uso, trazendo uma visão de futuro, com positivismo que consiste num processo que procura motivar e inspirar os profissionais através de ideias e valores mais significativos, onde o líder, ao invés de dar ordens ou instruções, possibilita, através da motivação, que os profissionais alcancem melhores resultados coletivos e, por meio desse processo, desenvolva a sua própria capacidade de liderança (Bass & Riggio, 2006). Objetivos: Mapear as evidências sobre a Liderança Transformacional nos serviços de enfermagem, conhecendo o seu significado, a sua implementação e os seus principais benefícios. Material e Métodos: Foi desenvolvida uma revisão de escopo baseada na metodologia do Instituto Joanna Briggs e no modelo PRISMA para a organização da informação. A pesquisa foi realizada em três bases de dados: CINAHL Complete, MEDLINE Complete, MedicLatina e, adicionalmente, considerou-se pesquisas realizadas na literatura cinzenta. O intervalo temporal definido foi de 1 de janeiro de 2018 e 3 de março de 2023, inclusive. Resultados: De um total de 235 artigos encontrados através da pesquisa realizada, 8 foram incluídos nesta revisão. Da análise realizada, destaca-se a diversidade das estratégias metodológicas utilizadas e o foco na opinião dos enfermeiros na abordagem à temática. A Liderança Transformacional é um estilo de liderança relacional que inspira, motiva e capacita os liderados para alcançar resultados extraordinários e é considerado um dos principais estilos para melhor compatibilizar as necessidades de uma organização de saúde. Existem várias estratégias para a sua implementação descritas neste trabalho assim como são descritos os seus principais benefícios. Conclusões: Acredita-se que este estudo tem potencial para contribuir para despertar uma visão crítica e reflexiva sobre as práticas laborais dos enfermeiros gestores, fomentando um espírito de trabalho mais horizontal e aberto a transformações que promovam o diálogo, a comunicação, a confiança e a autonomia.

Publicado

2024-01-15

Como Citar

Liderança transformacional nos serviços de enfermagem: revisão de escopo. (2024). RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 5(Supii), 72. https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSupii.746

Artigos Similares

1-10 de 503

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)