Avaliação da expansão transversa maxilar em adultos com recurso a MARPE versus SARPE

uma revisão sistemática

Autores

  • Primavera Sousa Santos Instituto de Investigação e Formação Avançada Ciências e Tecnologias da Saúde (IINFACTS) – CESPU
  • Iuliana Danii Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário – CESPU, Gandra, Paredes, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v4i2.168

Palavras-chave:

expansão palatal rápida assistida por mini-implantes, expansão rápida do palato assistida cirurgicamente, maxilar, expansão

Resumo

Introdução: A prevalência de atresia maxilar apresenta uma percentagem elevada na população. A expansão convencional da maxila não é sempre uma boa solução devido a fusão da sutura mediana. Neste trabalho, serão abordadas duas técnicas de expansão maxilar, MARPE e SARPE. Objetivo: Comparar as duas técnicas, MARPE e SARPE, utilizadas no tratamento da discrepância maxilar transversa avaliando assim as alterações esqueléticas, dento-alveolares e a influencia da idade na escolha do tratamento. Material e Métodos: Foi realizada uma pesquisa bibliográfica na base de dados PubMed, utilizando as palavras-chave ‘’Expansão Rápida Palatina assistida por mini-implantes’’, ‘’Expansão Rápida Palatina assistida cirurgicamente”, “’Maxilar’’, ‘’Expansão’’. Utilizaram-se artigos entre 2010 e 2020. Foram obtidos 341 artigos dos quais passaram por uma fase de seleção e que após a aplicação dos critérios de exclusão e inclusão foram restritos a 13 para avaliação. Resultados: O MARPE foi descrito na literatura como uma técnica de primeira escolha nos pacientes jovens e jovens adultos com atresia maxilar, com capacidade de reduzir os efeitos colaterais provocados pelo aparelho convencional como recessão gengival, inclinação vestibular dentaria excessiva e deiscência óssea. No entanto, SARPE é uma modalidade de tratamento eficaz em pacientes adultos, mas é um tratamento complexo pois exige hospitalização e a presença de um cirurgião. Conclusão: O MARPE e SARPE foram considerados procedimentos eficazes. No entanto, o MARPE é uma alternativa viável em relação ao SARPE permitindo minimizar os custos biológicos e financeiros.

Downloads

Publicado

2022-08-24

Como Citar

Sousa Santos, P., & Danii, I. (2022). Avaliação da expansão transversa maxilar em adultos com recurso a MARPE versus SARPE: uma revisão sistemática. RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 4(2). https://doi.org/10.51126/revsalus.v4i2.168