Desenvolvimento de um sistema de apoio a pacientes com zumbido

Autores

  • Rita Ramos Instituto Superior de Engenharia do Porto, Porto, Portugal
  • Gina Vilão Departamento de Física do Instituto Superior de Engenharia do Porto, Porto, Portugal
  • Fernanda Gentil Departamento de Audiologia da Escola Superior Saúde do Porto, Porto, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v3i1.66

Palavras-chave:

zumbido, audiologia, engenharia, dispositivo, almofada

Resumo

Introdução: O zumbido é um sintoma bastante perturbador, que se revela como uma sensação de “ouvir um som internamente”. Existem várias teorias que tentam justificar o seu aparecimento, embora nem sempre concordantes. Há estudos que relacionam o aparecimento de zumbido com a perda auditiva, exposição ao ruído, stress e perturbação emocional, mas ainda serão necessárias mais estratégias de tratamento para esta população específica. Objetivos: Ao avaliar pacientes com zumbido, percebe-se que as maiores queixas se relacionam com o silêncio da noite, o que, consequentemente, perturba o ciclo circadiano. De forma a colmatar este problema, foi construído um dispositivo inserido numa almofada, passível de ser utilizado durante o adormecimento. A almofada funciona como forma terapêutica, mais concretamente como gerador sonoro. Materiais e Métodos: Foi desenvolvido um dispositivo eletrónico que permite reproduzir varias faixas sonoras, e posteriormente inserido numa almofada. Além disso, foram testados alguns materiais para preencher o seu interior, e de todos os que se mostraram mais eficazes foram a esponja e os caroços de cereja. Os estudos foram no sentido de avaliar a melhor solução em termos acústicos, na propagação da onda sonora no meio ambiente, mas também a melhor solução em termos de maior conforto para o paciente. Resultados: Foram obtidos resultados relativamente à propagação da onda sonora quando testada a almofada com esponja e com os caroços de cereja. Os melhores resultados relacionam-se com a almofada com os caroços de cereja, apresentando uma atenuação da intensidade de 24,1 dB relativamente ao som de referência, enquanto se obteve uma atenuação de 8,8 dB relativamente ao som no interior da almofada de esponja. Conclusão: A almofada criada é um dispositivo de fácil utilização, ecológico e que pode ser aplicado em todos os pacientes com queixas de zumbido noturno.

Downloads

Publicado

2021-04-28

Como Citar

Ramos, R., Vilão, G., & Gentil, F. (2021). Desenvolvimento de um sistema de apoio a pacientes com zumbido. RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 3(1), 11–16. https://doi.org/10.51126/revsalus.v3i1.66