Supervisão clínica em cirurgia de ambulatório: vantagens de um programa de intervenção supervisiva em ensino clínico, na perceção dos enfermeiros

Autores

  • Paula Pedro Universidade Católica Portuguesa | Faculdade de Ciências da Saúde e Enfermagem, Lisboa, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSupii.743

Palavras-chave:

Enfermeiras especialistas, supervisão de enfermagem, estudantes de enfermagem, procedimentos cirúrgicos ambulatórios

Resumo

Introdução: A Supervisão Clínica em Enfermagem (SCE) surge concetualizada como um processo dinâmico, sistemático, interpessoal e formal, entre o supervisor clínico e supervisado, que visa fomentar a decisão autónoma, prestigiando a proteção da pessoa, a segurança e a qualidade dos cuidados (Regulamento N.º 366/2018, 2018). A SCE em contexto de ensino clínico (EC) em cirurgia ambulatória (CA), é ainda um assunto pouco estudado, considerando a evidência disponível (Rocha et al., 2021). Assiste-se a uma certa flexibilização nos processos supervisivos, por parte dos supervisores clínicos, pela falta de um programa de integração e acompanhamento ajustado à tipologia de estudantes em EC. Objetivos: Conhecer a perspetiva dos enfermeiros acerca dos processos supervisivos que implementam em CA e das vantagens da existência de um programa de intervenção supervisiva adaptado à tipologia de estudantes em EC. Material e Métodos: Foi realizada pesquisa científica nos motores de busca: PUBMED e EBSCO com interface para as bases de dados CINAHL Complete, MEDLINE Complete, Cochrane e MedicLatina, mediante scoping review, segundo protocolo Joanna Briggs Institute (JBI), mnemónico PCC, com os descritores: [(nurse specialists)*] AND [(nursing, supervisory)*] OR [(preceptorship)*] OR [(students, nursing)*] AND  [(ambulatory surgical procedures)*]. Trata-se de um estudo qualitativo, exploratório, descritivo; recolha de dados: entrevista semiestruturada focus group vídeo e áudio gravada, mediante guião de entrevista, em 16/01/2023. Participantes: amostra intencional de enfermeiros especialistas com funções de tutoria, de uma UCA, de um hospital da zona centro de Portugal. Realizada análise de conteúdo segundo o referencial de Bardin, com suporte da ferramenta informática NVivo. O estudo respeitou os princípios éticos, legais, de integridade científica e de rigor metodológico, segundo Guba e Lincoln. Resultados: Os enfermeiros alegam que a formação atualizada em supervisão clínica é crucial no sentido de se conciliar as mais recentes evidências na elaboração dos programas supervisivos direcionados aos estudantes de formação graduada e pós-graduada, em EC, corroborando o referido por Teixeira et al. (2021). Sugerem: mais tempo disponível; operacionalização de grupos de trabalho e maior suporte das escolas nos processos formativos. Conclusões: Os enfermeiros referem vantagens na existência de programas de intervenção supervisiva diferenciados, em EC e estão motivados para os operacionalizar.

Publicado

2024-01-15

Como Citar

Supervisão clínica em cirurgia de ambulatório: vantagens de um programa de intervenção supervisiva em ensino clínico, na perceção dos enfermeiros. (2024). RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 5(Supii), 70. https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSupii.743

Artigos Similares

1-10 de 450

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.