Intervenções de enfermagem para o autoconceito da pessoa com doença mental: revisão integrativa da literatura

Autores

  • Sonia Pereira Cirurgia Plástica e Reconstrutiva do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central – Hospital de São José
  • Ana Peralta Neurologia/Neurocirurgia II/Reumatologia do Hospital Garcia de Orta, Almada, Portugal.
  • Alexandre Oliveira Unidade de Cuidados na Comunidade Saúde A Seu Lado, Odivelas, Portugal.
  • Andreia Alves Unidade Psiquiátrica e Residencial do Hospital Monsanto, Amadora, Portugal.
  • Paulo Seabra Escola Superior de Enfermagem de Lisboa, Lisboa, Portugal; Centro de Investigação, Inovação e Desenvolvimento em Enfermagem de Lisboa (CIDNUR), Portugal.

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v4i3.216

Palavras-chave:

Doença mental, autoconceito, enfermagem de saúde mental, autoestima

Resumo

Contexto: O Autoconceito revela-se um constructo amplo, multidimensional e multifacetado, com crescente relevância no âmbito da Saúde Mental. Os seus componentes englobam: autoestima, identidade, desempenho de papéis e imagem corporal. Na Pessoa com doença mental, um dos componentes pode estar alterado, afetando o Autoconceito. Objetivo: Identificar, analisar e sintetizar as intervenções de Enfermagem de Saúde Mental para o Autoconceito da Pessoa com doença mental. Materiais e métodos: Revisão integrativa da literatura. Pesquisa na EBSCO, bases de dados CINAHL complete e MEDLINE complete, em junho de 2021, com descritores e operadores booleanos: Mental disorder AND Self-concept AND Psychiatric nursing. Incluídos estudos entre janeiro de 2011 e janeiro de 2021, língua portuguesa ou inglesa, Pessoas com doença mental, entre os 13-64 anos, que abordassem intervenções de Enfermagem de Saúde Mental potenciadoras da melhoria do Autoconceito, em qualquer setting de cuidados de Enfermagem. De uma amostra inicial de 648 artigos obteve-se uma amostra final de 2 artigos. Resultados: Artigos de natureza quantitativa, observacional, longitudinal e prospetiva. As intervenções de Enfermagem foram dirigidas à autoestima da Pessoa com doença mental em recovery e num contexto de intervenção grupal. Nenhum dos estudos aborda o Autoconceito em todas as suas dimensões, revelando melhoria significativa da autoestima após os programas de intervenção. Conclusão: As intervenções especializadas de Enfermagem de Saúde Mental identificadas e sintetizadas nesta revisão integrativa da literatura, a partir das dimensões da autoestima e autoimagem, são: psicoeducação, reestruturação cognitiva e técnicas comportamentais, baseadas numa perspetiva cognitivo-comportamental.

Downloads

Publicado

2022-12-23

Como Citar

Pereira, S., Peralta, A., Oliveira, A., Alves, A., & Seabra, P. (2022). Intervenções de enfermagem para o autoconceito da pessoa com doença mental: revisão integrativa da literatura. RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 4(3). https://doi.org/10.51126/revsalus.v4i3.216