Aspectos epidemiológicos de Acinetobacter baumannii e avaliação do perfil de resistência em amostras biológicas de pacientes atendidos em um hospital oncológico em Belém-PA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v3i1.72

Palavras-chave:

Acinetobacter baumannii, Infecção hospitalar, Resistência a medicamentos, oncologia, epidemiologia

Resumo

Introdução: A espécie Acinetobacter baumannii, dentro de seu gênero, é a mais importante para vigilância epidemiológica por estar associada, em humanos, a diferentes tipos de infecções. Objetivos: Avaliar a ocorrência e o perfil de resistência de Acinetobacter baumannii em amostras biológicas de pacientes atendidos em um hospital oncológico. Métodos: Estudo descritivo, retrospectivo e transversal, realizado a partir de resultados de exames de culturas de pacientes internados e em ambulatório de um hospital oncológico em Belém-PA, no período de janeiro de 2017 a dezembro de 2018. Resultados: Registram-se 1.258 culturas positivas em 2017 e 1.729 em 2018, destas, 5% dos isolados obtidos foram de Acinetobacter baumannii no primeiro ano de análise e 8% no segundo. O local anatómico de maior isolamento de Acinetobacter baumannii foi o trato respiratório. As maiores taxas de ocorrência foram em pacientes com idade mais avançada. O setor hospitalar de maior ocorrência da bactéria foram as Unidades de Terapia Intensiva. Acinetobacter baumannii apresentou menor resistência para colistina e tigeciclina em ambos os anos de estudo. A variação na concentração inibitória mínima foi mais evidenciada no antibacteriano colistina. Conclusão: Os resultados mostram que o Acinetobacter baumannii é um importante patogénico causador de infecções hospitalares, comumente isolado do trato respiratório de pacientes internados em Centros de Terapia Intensiva e que apresenta um perfil de resistência elevada à maioria das classes de antibiótico.

Downloads

Publicado

2021-04-28

Como Citar

de Souza, L. C. R., Bezerra, N. V., & Trindade, E. L. da. (2021). Aspectos epidemiológicos de Acinetobacter baumannii e avaliação do perfil de resistência em amostras biológicas de pacientes atendidos em um hospital oncológico em Belém-PA. RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 3(1), 49–55. https://doi.org/10.51126/revsalus.v3i1.72