Estilos de gestão de conflito utilizadas pelos enfermeiros especialistas no Serviço de Urgência

Autores

  • Andreia Botelho Serviço de Urgência/Emergência, CHTMAD, Vila Real, Portugal
  • Cristina Antunes Escola Superior de Saúde - UTAD, Vila Real, Portugal
  • Cristina Imaginário Escola Superior de Saúde - UTAD, Vila Real; CINTESIS@RISE, Nursing School of Porto (ESEP), Porto, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSupii.676

Palavras-chave:

Enfermeiro especialista, gestão de conflito, serviço de urgência

Resumo

Introdução: No quotidiano organizacional o conflito existe tornar-se, um problema difícil de gerir e um desafio constante. Os enfermeiros estão na linha da frente dos serviços hospitalares, como dos serviços de urgência (SU), sujeitos a pressões e consequentes conflitos. A resolução dos conflitos depende de estratégias adequadas de gestão, bem como da capacidade de liderança que lhes é reconhecida (Cunha et al., 2021; Mohammed et al., 2022). Objetivo: Identificar os estilos de gestão de conflito usados pelos enfermeiros especialistas (EE) do SU de um centro hospital do norte de Portugal, no cuidado à Pessoa em Situação Crítica (PSC). Material e Métodos: Estudo de natureza quantitativa, correlacional e transversal. População constituída por 50 EE em Enfermagem Médico-Cirúrgica do SU, que prestavam cuidados à PSC, no período compreendido entre outubro e dezembro de 2021. Amostra de conveniência, constituída por 36 enfermeiros. Utilizamos o Dutch Test for Conflict Handling (DUTCH), validado para a população portuguesa (Cunha et al., 2018), avalia o estilo de gestão de conflitos, composto por cinco dimensões: Anuência, Compromisso, Dominação, Solução de problema e Evitação. Para a colheita de dados recorreu-se à plataforma Google Forms. O tratamento foi efetuado através do IBM® Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) 25.0. Utilizamos a estatística descritiva e inferência para análise. Consideramos valores de significância a 5%. Resultados: Os valores dos estilos de gestão de conflito variam entre 1.5 (Evitação e Dominação) e 5 (Evitação e Solução de problemas), os valores das médias variam entre 3 (Dominação) e 3.89 (Solução de problemas), com desvio padrão compreendido entre .52 (Anuência) e .78 (Dominação). De todos os estilos os que apresentaram maior valor médio foram solução de problema e compromisso (3,89 e 3,85 respetivamente), tendo os restantes apresentado um valor médio inferior. Conclusões: Os estilos de gestão de conflito mais adotados pelos EE foram o compromisso e solução do problema. A gestão de conflitos deve ser realizada por líderes com capacidades de negociação.

Publicado

2024-01-15

Como Citar

Estilos de gestão de conflito utilizadas pelos enfermeiros especialistas no Serviço de Urgência. (2024). RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 5(Supii), 22. https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSupii.676

Artigos Similares

1-10 de 434

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.