Intervenção de Enfermagem na redução da ansiedade pré-operatória: estudo de caso numa Unidade de Cirurgia de Ambulatório

Autores

  • Palmira Oliveira Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal; CINTESIS@RISE, Porto, Portugal.
  • Regina Pires Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal; CINTESIS@RISE, Porto, Portugal.
  • Isilda Ribeiro Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal; CINTESIS@RISE, Porto, Portugal.
  • Cristina Barroso Pinto Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal; CINTESIS@RISE, Porto, Portugal.
  • Catarina Porfírio Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal; CINTESIS@RISE, Porto, Portugal; Hospital Pedro Hispano, Porto, Portugal.
  • Carlos Sequeira Escola Superior de Enfermagem do Porto, Portugal; CINTESIS@RISE, Porto, Portugal.

DOI:

https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSup.562

Palavras-chave:

Ansiedade, cirurgia, enfermagem, estudo de caso

Resumo

Introdução: Este estudo insere-se num projeto mais alargado que visa construir um programa psicoeducativo potencialmente promotor da redução da ansiedade pré-operatória na pessoa adulta, e testar a sua efetividade. A literatura transparece que a maioria dos clientes cirúrgicos revelam ansiedade pré-operatória, por défice de conhecimento inerente. Elevados níveis de ansiedade podem implicar o cancelamento cirúrgico e interferir na duração/qualidade da recuperação. Objetivo: Descrever a implementação do processo de tomada de decisão em enfermagem, face às necessidades de cuidados identificadas num adulto em contexto pré-operatório. Material e Métodos: Estudo de caso clínico, de âmbito académico, suportado na metodologia científica do processo de enfermagem utilizando a ontologia de enfermagem aprovada em 2021 pela Ordem dos Enfermeiros Portuguesa. O processo de tomada de decisão iniciou-se com a avaliação inicial na entrevista clínica, realizada na consulta pré-operatória (dois dias pré-cirurgia), com aplicação do Nursing Outcome Classification (NOC) Nível de Ansiedade (validado para Portugal), avaliação da frequência cardíaca e pressão sanguínea. Seguiu-se a identificação dos diagnósticos de enfermagem, definição de objetivos, prescrição de intervenções com integridade referencial (com recurso a panfleto, respiração diafragmática, musicoterapia,…) e, avaliação dos resultados, com aplicação do NOC novamente no momento imediato pré-cirurgia e avaliação dos sinais vitais pré e após intervenções, numa unidade de cirurgia de ambulatório. Princípios éticos assegurados. Resultados: Homem de 57 anos, autónomo, proposto para remoção de material de fixação da tíbia direita. Na consulta pré-operatória relatou nervosismo/ansiedade e observou-se tensão muscular. Score NOC - 45; 157/77mmHg; 81 p/min. Diagnósticos de enfermagem: Potencial para melhorar conhecimento sobre cirurgia; Ansiedade e, potencial para melhorar conhecimento e capacidade para usar estratégias de autocontrolo da ansiedade. Intervenções prescritas: ensinar (cirurgia/ansiedade); instruir e treinar estratégias de autocontrolo (respiração diafragmática), iniciadas na consulta (panfleto) e executadas no recobro com musicoterapia. No dia da cirurgia, antes da respiração diafragmática: 160/103mmHg; 99p/min e após:123/69mmHg; 82p/min. Score NOC – 74; verbalização de tranquilidade/relaxamento. Conclusões: Os resultados obtidos corroboram que a informação e a educação pré‑operatória de estratégias de gestão da ansiedade podem conduzir à sua redução. Sugere-se investigações mais amplas para consolidar os resultados obtidos, tal como, o previsto no projeto onde este estudo se insere.

Downloads

Publicado

2023-07-05

Como Citar

Intervenção de Enfermagem na redução da ansiedade pré-operatória: estudo de caso numa Unidade de Cirurgia de Ambulatório. (2023). RevSALUS - Revista Científica Internacional Da Rede Académica Das Ciências Da Saúde Da Lusofonia, 5(Sup), 47-48. https://doi.org/10.51126/revsalus.v5iSup.562

Artigos Similares

1-10 de 465

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)